Comandante do Corpo de Bombeiros destaca necessidade de concurso público Caju News Janeiro 4, 2017 0

comandante_bombeiros_jadilsonsimoes_030117

O novo comandante do Corpo de Bombeiros do Estado de Sergipe, coronel Eduardo Carlos Santos Pereira (assumiu no último dia 29 em substituição ao coronel Reginaldo Dórea), esteve nesta terça-feira, 3, na Assembleia Legislativa de Sergipe. Em entrevista para a TV Alese, ele enfatizou a necessidade imediata de um concurso público visando suprir o déficit de pessoal de 53% na corporação.

“Nossa expectativa é de um ano difícil porque a gente teve redução tanto no sistema orçamentário, como no financeiro, mas vamos continuar trabalhando. A meta principal nossa é trazer um concurso público ainda este ano para a corporação porque o nosso efetivo está com um déficit de 53%. Nossos postos iniciais nas carreiras de oficiais e de praças estão com taxa de ocupação tangenciando o zero e precisamos suprir essa lacuna aberta desde 2013”, ressalta.

Indagado sobre as fiscalizações, o coronel Eduardo Carlos destacou que elas hoje respondem pela maior demanda do Corpo de Bombeiros, assim como as vistorias e análises de projetos (a parte preventiva). “Se o preventivo está sendo bem executado, teremos menos trabalho na parte operacional, ou seja, se uma edificação, esses prédios cada vez mais altos na cidade, tem um sistema preventivo bem feito, bem fiscalizado, bem cobrado, a gente vai ter um trabalho menor na hora de um sinistro que vem acontecer eventualmente. A gente tem feito fiscalização, mas na parte que dá entrada na corporação, na diretoria de atividades técnicas e não tem feito vistorias inopinadas (edificações já existentes) até por conta da demanda e da carência de efetivo”, explica lembrando que o último concurso foi realizado em 2007 e que as tratativas para a realização de um novo já estão acontecendo junto ao governador Jackson Barreto.

“A gente precisa preencher esse efetivo. Nosso último concurso foi realizado em 2007, agora em 2017 está fechando 10 anos. É um dado muito preocupante e desde o comando anterior que estamos conversando com o governador do Estado; como sub-comandante eu já vinha participando das tratativas. Hoje temos material pra trabalhar, o que está faltando são recursos humanos”, lamenta.

O novo comandante disse ainda que está sendo realizado um trabalho na cobrança do sistema preventivo, no que diz respeito ao Código de Segurança contra Incêndio e Pânico. “Com base nessa lei aprovada recentemente aqui na Assembleia Legislativa de Sergipe, a gente tem feito um trabalho preventivo muito bom, mas naquilo que é novo, que está sendo lançado, que chega hoje como demanda na corporação, a exemplo de shoppings sendo trabalhados em Itabaiana e em Aracaju”, enfatiza.

 

 

Por Agência de Notícias Alese

Fotos: Jadilson Simões

Etiquetas:,

CajuNews